01.11.2012 | por mariana

Lançamento Conceição Bem Casados

Estou lançando a campanha “D. Conceição, devolva a nossa dignidade”. Gentemmmm, vocês sabem que depois de casadas temos que tomar muito cuidado para não virar uma baleia com a dieta, né? Eis que chego no escritório e tem uma caixinha fofa com uma seringa de puro recheio de bem casado da Conceição. É glicose na veia, a alegria da mulherada! Uhuuu!

Os bencashots são uma novidade que vai bombar na pixxxta. Imagina aquela hora em que o namorado, que só gosta de house music, está dançando kuduro com o noivo….

Visualizou?

É quando você percebe que ele precisa de um ombro amigo  um help e nada melhor que açúcar para dar aquela baixada na bebida, né?  Para nós mulheres não preciso dar motivos, pois se a gente já se enfilera numa mesa para provar todos os docinhos, imagina se vier só o recheio em bandejas até nós?

Sobre a parte da dignidade, não vou nem comentar, pois se vocês vissem o meu estado me lambuzando de doce escondida do marido, vocês íam entender!

28.09.2012 | por georgia

O casamento mais esperado EVER!

Ontem eu estava stalkeando no Facebook e vi alguém de noiva e , lógico, cliquei, né?

Demorei pra reconhecer, confesso. Os dois estão mais feinhos, o vestido era meio cafona duvidoso…. mas lá no fundo deu pra ver quem eram. (Mentira. tive que ler! hehehe)

Mônica e Cebolinha, genteeee!

Isso mesmo, a gorducha briguenta e o menino que sempre apanhava de coelho agora são “malido” e mulher!

Me decepcionei com o glitter no cabelo, o vestido feioso (não vou parar de falar nele. to indignada!) e com o penteado Neymar inspired do noivo.

Mas a gente releva, né? Afinal, são nossos ídolos de infância!

A revistinha saiu quinta-feira e eu ainda não tive tempo de comprar, mas já tá na agenda….

Posso falar que já imaginei que seria uma fofuuuura como lembrancinha para Chá de Panela, lingerie, etc?

 

 

 

 

27.02.2012 | por mariana

O casamento da Cris e do Marcos

A Cris e o Marcos queriam um casamento diferente de tudo o que eles já viram. Sabe aquela dupla que foi a 17 casamentos num mesmo ano (é verdade!) e já tinha visto de tudo? Eram eles! Com uma super personalidade, um gosto por rock and roll, uma paixão por cerveja, eles sabiam desde o início tudo o que NÃO queriam, mas na hora de decidir o que queriam… Levanta a mão quem não começa a ficar assim quando põe uma aliança no dedo?

Nós percebíamos o quanto cada escolha os tornava mais unidos e apaixonados. O Marcos tinha pavor de ficar de pé no altar sozinho esperando a Cris entrar. Não teve coral, foi a própria banda que tocou rocks antigos no cortejo; não teve padre, foi um grande amigo – excelente com as palavras – que os homenageou com um lindo texto; não houve igreja, mas uma linda cerimônia em arena onde todos os convidados puderam acompanhar aquele momento. Mas mesmo com todas as inovações, o Marcos estava ali em cima tremendo, mas radiante à espera da Cris.

A primeira reação da Cris ao entrar no espaço foi se encantar com a mesa de doces. Nós, que sabemos que uma amostra de flor não revela 10% do que será a festa, amamos o momento de deslumbramento dos noivos quando veem que a decoração está muito mais linda do que eles podiam imaginar. Mas para a Cris isso era ainda mais especial. Depois de só mostrar referências de casas e salas que ela gostava, ela começou a buscar mais fotos de casamentos em si e aí veio o aperto. Eu lembro do dia em que eu estava me arrumando para o meu chá de cozinha e ela me ligou, chorando, porque tinha percebido que fez a escolha errada, pois ela se casaria num espaço em São Paulo e todas as sua referências eram no campo ou na praia. Ela não conseguia imaginar como ía levar essa atmosfera – tons pastel, arranjos descabelados, toques vintage – para a Casa Petra. Eu sabia que ía ficar incrível, mas também sabia a angústia que ela estava sentindo. Meu casamento seria em um mês e, como todas as noivas, tinha várias inspirações gringas com flores inexistentes, numa ruína histórica, com uma linda mesa de doces sem forminhas num jardim e o castelo da cinderela ao fundo. Alerta: a internet pode ajudar, mas às vezes ela quase acaba com a nossa vida! Eu dizia a ela que tudo ía ficar perfeito, mas a 1-18 conseguiu superar as expectativas!

E foi tudo mais do que especial. Tenho certeza que vocês vão concordar comigo!

 

 

  

 

 

 Lembrancinha super personalizada: Cerveja confeccionada pelos próprios noivos.

O noivo deu uma palhinha na bateria com a banda!

 

 A Padoca do Marcelo Sampaio segurou o pessoal até às 7h da manhã.

 

Fotos: IRIT

20.09.2011 | por georgia

A lembrança da Yoon

Pelo título do post, vocês podem pensar que a lembrança à qual eu me refiro é a moeda exclusiva que a Yoon deu para seus convidados no dia do casamento. Essa aqui, ó:

Mas a lembrança que eu tenho da Yoon vai além da moeda que eu tenho pendurada no mural do escritório.

Tá com tempo? Senta aí então pra eu contar….

Um dia, eu estava comendo um singelo pedaço do tamanho de um tijolo de bolo na La Vie en Douce e reparei na mocinha oriental que estava lá também. Eu me lembro direitinho que eu pensei “eu queria saber me vestir bem assim!” quando a vi.

Nesse dia, nós nem nos falamos (claro, porque eu não sou doida de sair por aí abordando estranhos que se vestem bem, né?), mas à noite chegou pra mim um e-mail tão fofo que dizia ” Oi. Meu nome é Yoon, sou noiva e eu te vi hoje na La vie en Douce”…

Primeiro, eu fiquei com vergonha, pensando se ela tinha reparado no tanto de bolo que eu comi! hehehe

Depois, vieram mais alguns e-mails até que marcamos um café. Foi uma tarde deliciosa. Falamos muito e acabamos até indo no meu lugar secreto de comprar flores para cabelos! hehehe

Queria só deixar registrado aqui o carinho que eu tenho por essa leitora (porque eu sei que mesmo casada, ela ainda entra aqui)  tão criativa, doce e dona de um bom gosto raro!

E com vocês, a Yoon, com o seu arranjo de cabeça escolhido por mim (grande coisa ser escolhido por mim, né? hehehe) ! :)

As fotos são da Dani Picoral. A gravidinha mais linda do mundo dos casamentos! :)

01.07.2011 | por mariana

Sapatilhas de ballet

Quem já fez qualquer aula de ballet na vida se lembra daquele coque puxado que quase arranca os olhos da gente da marca Capezio. A mãe ía lá na Augusta comprar as sainhas de tutu, meia cor de rosa, collants, e as famosas sapatilhas. Óbvio que as meninas sempre saiam com algum brinde: uma faixinha de cabelo, um frufru ou qualquer gracinha que agrade uma criança ansiosa.

A novidade é que agora as sapatilhas vão ajudar não só as bailarinas profissionais, mas também todas as convidadas do seu casamento a dar piruetas e rodopios até o sol raiar. E você pode personalizá-las, desde o material – cetim, corino, verniz, couro – até a parte interna, com estampas ou logos.

O melhor: as nossas noivas tem desconto;)

24.05.2011 | por mariana

Aniversário da Geo!

A Geo faz anos, o azar é só dela, cada ano que passa, lálálálá… Gente, é na sexta, dia 27 de Maio! E pra comemorar, vou fazer posts com coisas que ela adoooora! Algumas eu acho que vocês nem desconfiam!

A minha sócia é viciada em chá, toma uns 15 por dia – e com leite (argh)! Pensando nisso resolvi mostrar pra vocês um presentinho que eu ganhei dela que toda noiva tem que ter!

A alça se encaixa perfeitamente no dedo anelar! Já que muitas amigas entram na fase casamento todas juntas, pode ser uma ideia de presente de chá de cozinha também. Se acrescentarmos um chá bacana, com flores e ervas como o da foto, aí fica perfeito.

Só que ela não conta qual é a fonte! Se vocês souberem, me contem!

12.04.2011 | por georgia

O Casamento da Eloidy e do Murilo

A Elô marcou minha vida pra sempre! Aprendi muuuuito com ela!

Ela e o Murilo têm uma história de amor dessas que fazem a gente suspirar por uns três dias depois de ouvir. Eles são pra mim a prova de que não existem limites para um casal unido!

A Elô não abriu mão de ter em sua festa os melhores fornecedores! Cada detalhe foi muuuuito planejado (e mudado algumas vezes, né Elô? rs) para que tudo saísse perfeito!

E me digam se não saiu…. :)

Fotos: Vinicius Matos

20.10.2010 | por georgia

O Guia Básico das Havaianas

Eu sei que é um assunto meio polêmico.

Tem gente que acha horrível todo mundo usando chinelo num casamento; e tem gente que acha o máximo poder descer do salto depois de ir até o chão dançar horas na pista.

O fato é que a maioria dos casamentos, hoje, tem Havaianas (ou similares) para as convidadas!

Então, aqui vai um Guia Básico das Havaianas, para as noivas que não sabem que conta fazer, como entregar, se é legal personalizar… enfim, vamos ao assunto!

Essas são da GiftChic.

Quantas? De que número?

Uma vez, fui convidada para um casamento (posso falar aqui porque já faz muito tempo! rs) e me perguntaram, junto com o RSVP, o número do meu sapato, pra comprarem as Havaianas do tamanho certo. Eu fiquei pensando ” Tadinha da minha amiga Fulana! Ela calça 41 e morre de vergonha! Vão perguntar e ela vai ficar super sem graça!”. Então, a regra número 1, pra mim, é: Não faça isso! Pode ser constrangedor para algumas convidadas.

A melhor solução, então, seria fazer uma conta “de cabeça”. Calcule que mais ou menos metade da sua lista seja composta de mulheres. Para uma festa com 300 pessoas, eu costumo calcular uns 170 chinelos. (eu gosto de calcular um pouquinho mais que a metade)

E quanto aos números? Uma boa conta é:

50%  – 37/38

30% – 35/36

20% – 39/40

E se alguém ficar sem?

Sempre tem alguém que vem, depois que todos os chinelos já foram distribuídos, ou só sobrou uma númeração que não é a dela. Pensando nisso, Perdeu Playboy! peça para a sua assessora separar algumas unidades, dos números certos, para as mães e irmãs dos noivos (talvez madrinhas), para não corrermos o risco de pessoas “importantes” ficarem sem.

Devo Personalizar?

Pense em você toda linda andando na praia com suas novas Havaianas. Aí, você as tira e todos em volta lêem “Antônia e Josué – Obrigada por estar presente no dia mais feliz de nossas vidas – 18/10/2010″. Feio, né? (Pode piorar, se tiver uma caricatura.)

Se você escolher estampar nomes, caricaturas, fotos ou datas nos chinelos, tenha consciência de que eles provavelmente serão usados uma vez e jogados fora (e qual era mesmo sua desculpa para economizar nos convites?). Mas se você tipo eu tem siricutico por personalização, dá pra fazer isso de uma forma mais delicada, e que na minha opinião fica bem mais legal: use uma estampa que você goste, que componha com o restante da festa. Ou cubra com fitas as duas tiras e dê um laço na lateral. Ou coloque um pingente bonitinho. Enfim… ideias não faltam!

Qual é o melhor jeito de identificar os tamanhos?

Você pode prender os dois pés com laços, e usar fitas de cores diferentes para cada tamanho.

Pode também colar bolinhas adesivas (daquelas de professora, sabe?).

 E uma vez, no casamento de uma leitora, eu vi Havaianas presas por prendedores de cabelo (tô tentando achar um nome mais bonito pra “piranhas”) dourados ou prateados, dependendo da numeração. Achei muito boa essa idéia!

E pra mim, a melhor solução, é entregá-las em saquinhos de organza, com cores diferenciadas por numeração. Assim a convidada já pode guardar o sapato que estava usando nos saquinhos, depois que trocar. (e a Gift Chic tem essas da foto, que já vêm num estojo lindo!)

 Como distribuir?

Eu já vi entregarem uma senha para cada mulher, na entrada da festa (o que me lembrou um pouco refeitório de acampamento). Tem a opção de entregar na chapelaria (mas fica meio “muvuca”). Também já vi alguns cestos na porta do banheiro (tem um visual bonito, mas gera mais tumulto ainda).

Pra mim, a maneira mais efetiva é colocar sua assessora pra apanhar distribuir na pista. Nesse caso, não se esqueça de providenciar cestos, bandejas, ou algo do gênero, pra ela colocar as Havaianas. Se ela tiver uma equipe de três pessoas, podem colocar cada uma distribuindo uma numeração.

Tem que ter Havaianas?

A únia coisa que “tem que ter”, num casamento, são os noivos. Não se sinta culpada por não ter Havaianas, caso você queira investir a verba dos chinelos em algo que seja mais importante pra você. E muito menos se sinta obrigada a distribuir se você não gosta, só porque “todo casamento tem” ou “os convidados já esperam”.

20.10.2010 | por georgia

As caixas da Andreza

Eu tenho uma noiva (sempre acho estranha essa frase) que, além de muito bom gosto, tem um talento incrível para trabalhos manuais.

Logo no dia em que nos conhecemos, ela me deu uma caixinha super fofa, feita por ela!

E hoje ela está na CZ {TV} (o canal da Constance no blog dela) ensinando todas vocês a colar os dedos fazer caixas lindas para dar de lembrancinha, presente de padrinhos e até decorar a casa nova!

Dê e Cons, fiquei feliz por ver vocês duas queridas juntas! :)

06.10.2010 | por georgia

Brigadeiro no Tubo – M. Azevedo

Todo santo dia recebo um e-mail perguntando quem faz os brigadeiros em tubos, que eu postei uma vez.

A M. Azevedo faz, meninas!

Aliás, a Mari faz com qualquer sabor de brigadeiro que você escolher ( acho o máááximo o de Caipirinha, pra chá-bar!).