21.10.2010 | por georgia

Paulada no pé!

A Yoon (que agora está em lua-de-mel), era leitora do blog, mas acabou virando uma grande amiga minha. Daquelas que a gente vê as coisas na vitrine e pensa ” é a cara dela!”.

Outro dia, ela me explicou a tradição coreana de bater nos pés do noivo com uma madeira.

É que há muuuito tempo atrás, quando eles ainda viviam em aldeias, sempre que um rapaz se casava com uma moça de outra aldeia; os homens da região dela batiam nos pés dele com uma madeira, como uma punição por estar tirando uma de suas moças de seu meio.

Hoje em dia, esse é um momento bem esperado nos casamentos coreanos aqui no Brasil, e funciona, de certa forma, meio parecido com a “gravata”.

Os amigos ficam batendo nos pés do noivo; e a noiva e sua mãe (a sogra) ficam jogando dinheiro e pedindo que eles parem. Às vezes, elas precisam fazer umas dancinhas ou pagar prendas também.

Os amigos só param quando estiverem satisfeitos com a quantia que foi dada (que é revertida para o jovem casal).

Foto: Narciso Sousa

  1. Tássia disse ( 21 de outubro de 2010 @ 12:22 )

    Não é qualquer noivo que aguenta, não! Tem que amar mesmo..rs

  2. Mariana disse ( 21 de outubro de 2010 @ 13:03 )

    huahua… que engraçado! cada cultura com suas particularidades! só não vale aproveitar pra bater com vontade, né? :D

  3. Carambolas disse ( 21 de outubro de 2010 @ 13:27 )

    Tô morrendo de rir, hahahahahahhaa! Tenho um amigo que começou a namorar há pouco com uma coreana e anda achando tudo diferente, vou mandar pra ele agora mesmo (adoro assustar as pessoas)!
    Beijo, Geo!

  4. Bruna disse ( 21 de outubro de 2010 @ 16:09 )

    Sérioooooo…. ai que medo, ele ta com cara de sofrimento… mais é melhor do que colocar a mão nas formigual igual algumas tribos de indios rsrsrs. Só pra comentar AMEI o post sobre Havaianas. Bjo

  5. Yoon disse ( 21 de outubro de 2010 @ 18:12 )

    Lindona,
    Estou em lua de mel sim, mas sem perder os velho hábitos (eu ainda SOU leitora do seu blog, não me exclua da sua lista de queridinhas…rs). Adorei o post e as fotos estão fantásticas! bj

  6. Carolina Penha disse ( 21 de outubro de 2010 @ 18:17 )

    TENSO!

  7. Náthaly Momesso disse ( 21 de outubro de 2010 @ 18:29 )

    Meu Deus, olha a carinha de sofrimento do noivo…
    tem que amar MUITO.

    Ahhh descobri seu site essa semana, estou amando cada coisinha que leio, parabéns pelo cuidado que vc tem com ele.

    bjinho

  8. Adri disse ( 21 de outubro de 2010 @ 19:52 )

    Estranhos para uns, corriqueiro para os outros, não importa. Essas tradições culturais, esses significados, acho interessantissimo!! ADOREI O POST GEO.
    BEIJOS
    Adri

  9. Cybele Costa disse ( 21 de outubro de 2010 @ 21:27 )

    No comments.. kkk

  10. Liége disse ( 22 de outubro de 2010 @ 00:03 )

    Pobre noivinho, hahahaha! O duro é se tiver um infeliz que queria casar com a noiva e aproveitar para quebrar os pés do desafeto! Mas achei muito divertido na verdade, principalmente se ninguém se empolgar e bater forte ;)

  11. Mariana disse ( 22 de outubro de 2010 @ 08:05 )

    Ai gente tadinho do noivo, se fosse o meu eu não deixava bater não!

  12. Aline Gonçalves disse ( 22 de outubro de 2010 @ 09:37 )

    Ai Jesus… coitadinho Yoon… ai eu nunca que ia deixar ele sofrer assim… olha a carinha dele! Ai gente é de cortar o coração…rs.

    Mas… a diversidade cultural que o mundo nos mostra é muito bacana mesmo!

    Bjocas
    Li

  13. Say I do disse ( 22 de outubro de 2010 @ 09:42 )

    Ai coitado….fiquei com dó! srsrsrs!

  14. Bárbara Costa disse ( 22 de outubro de 2010 @ 10:05 )

    Coitadinhoooo!
    Imagina se a tradição inverte e resolvem fazer isso com a noiva também? rsrs! Tô fora!
    Prefiro o corte de gravata mesmo… rs
    Abraçp Geo!

  15. Larissa Koppe disse ( 22 de outubro de 2010 @ 11:17 )

    Achei o máximo, deve ser muito divertido para todos! Até para o noivo!rsrs

  16. Renata disse ( 22 de outubro de 2010 @ 12:42 )

    Quase cai de tanto rir, aqui, Geo!
    Adooorei, muito legal! Cultura é cultura, e não tem o que se discutir.
    Sorte do meu futuro noivo que ele não é coreano! Rsssss

  17. Eu sapeca disse ( 22 de outubro de 2010 @ 17:31 )

    Meninas, já pararam para pensar que noivo com os pézinhos machucados não consegue andar, oque garante uma lua-de-mel com muitas horas na cama.

    hihihihih

  18. Narciso Souza Fotografo disse ( 26 de outubro de 2010 @ 19:06 )

    não sou coreano, mas sempre tenho uma dozinha dos noivos, pois os amigos batem pra valer a ponto do noivo no final deste ritual colocar os pés em um balde com gelo!!!!
    bj Geo e adorei o post.

  19. Adri Lee disse ( 18 de novembro de 2010 @ 20:54 )

    hum….meu marido é coreano, e a historia q conheco é um pouco diferente. o que rola é tipo um “sequestro” por parte dos amigos do noivo e pra noiva te-lo de volta, é preciso que a familia dela agrade os “sequestradores”, cantando, dançando, e claro, dando dinheiro. enquanto os amigos/sequestradores nao ficam 100% satisfeitos , o pobre do noivo vai apanhando! (ps: meu marido escapou dessa tradição pois fizemos um mini-wedding)

Comentário