28.07.2011 | por mariana

Ai, a Chanel….

Muitas vezes as mães de noiva ficam enlouquecidas sem saber o que usar no casamento de suas filhas. É um tal de troca de vestido, de gosto, de cor que deixa a noiva preocupada e as outras madrinhas desorientadas (alô mãe!). Como eu adoro azul marinho e a Chanel (não necessariamente nessa ordem!), achei esse vestido lindo e é uma ótima inspiração para elas.

É da coleção alta costura inverno 2011.

P.s.: Óbvio que temos que contar com um forro, né? Cositas à mostra são dispensáveis!

27.07.2011 | por mariana

Inspiration board – roxo e amarelo

Para duas noivinhas bem queridas (Li e Lu) e para todas as leitoras que querem uma proposta diferente, com cores alegres que se complementam.

;)

25.07.2011 | por georgia

Dicas para receber hóspedes na casa nova

Depois de um fim-de-semana de muito carinho, acabei de me despedir da minha mãe (que mora no interior), e fiquei inspirada para fazer um post para aquelas que eventualmente recebem hóspedes em casa.

Meu pai, minha mãe, minhas irmãs, meus primos… todo mundo mora longe, e a minha casa acaba sendo o “QG” da família em São Paulo. Mesmo sendo todos super íntimos, eu sempre me preocupo em recebê-los muito bem, e mimar bastante :)

Aqui vão algumas dicas basiquinhas, mas que fazem nossos hóspedes se sentirem acolhidos com muito carinho!

Foto: Lá em casa :). Brincadeira. É Ralph Lauren.

Preparando tudo

Eu sempre arrumo o quarto de hóspedes antes da chegada da visita.

Arrumo a cama com lençois, edredon e deixo sempre uma mantinha nos pés… tudo bem passado e cheiroso (na verdade, eu espirro uma água de lençóis na roupa de cama e fico torcendo pra pessoa gostar do cheiro)!

Também é importante deixar sempre dois tipos de travesseiros: um mais fofo e um mais durinho, para o seu hóspede escoher o que preferir.

E toalhas! Um joguinho individual, no pé da cama.

 Eu sempre deixo a luz apagada e acendo o abajour.  Acho que isso dá um clima mais aconchegante… aliás, é essencial ter uma luminária pertinho da cama do hóspede. Lembre-se que ele não conhece bem a casa e não conseguirá achar o interruptor no escuro, caso precise ir ao banheiro à noite.

Na mesinha de cabeceira

Sempre deixo na mesinha de cabeceira:

  • Livros e revistas (revistas novas, porque a minha casa não é consultório de dentista, né? ehehehe). Também deixo uma Bíblia, porque né? É sempre bom ter por perto! ;)
  • Moringa com água (se tiver em casa, coloco umas folhinhas de hortelã, pra fazer uma frescurinha hehehe)
  • Guloseimas (família de gordinhos italianos, né? hehehe) . Eu mega exagero nessa parte. A bandejinha parece um open bar de carboidrato! Chocolate sempre!
  •  Despertador
  • Controle da TV

Sinta-se em casa!

Sempre entrego uma cópia das chaves. Meu chaveiro de visitas tem uma Torre Eiffel. :)

 Quando a pessoa chega, já mostro onde fica tudo o que ela pode querer ou precisar. Tipo telefone, xícaras, cobertores, papel higiênico extra….

Deixo sempre em algum lugar bem visível um papel com o endereço e telefone de casa, senha do wi-fi, e também com os números de celular meu e do marido. 

Quando recebemos minha “irmã de intercâmbio” da Alemanha, deixei também o número de um taxista de confiança :)

Bom meninas, é isso… espero ter ajudado aquelas que vão receber hóspedes em casa!  (o final desse texto ficou uma droga, mas não consegui pensar em outor jeito de terminar o post! hehehe)

beijinho

Geo

25.07.2011 | por georgia

♥ Home ♥

Tô fazendo uma limpeza aqui no meu computador, e acabei achando essa frase verdadeira e linda!

Não lembro de onde veio…. :(

22.07.2011 | por mariana

Black and white

Inspirações gringas para casamento preto e branco. Adorei os arranjos!

Fotos: Simply Bloom Photography

18.07.2011 | por mariana

O casamento da Nadine e do João

Eu não sei nem como começar esse post, pois foram tantas surpresas e delícias nesse casamento… 

A Nadine era diferente de tudo o que nós entendemos por noiva. Ela não queria ser o foco (alôôô, quem é a única que está de branco na festa?), não queria entrar com o pai, aliás, ela não queria entrar de maneira alguma! Também não queria chegar depois dos convidados, pois a sua ansiedade não suportaria. Ela dizia assim: “Mariiiii, eu não tenho o que fazer de manhã pra enrolar! Eu vou chegar cedo e receber os convidados e depois a gente casa logo e resolve isso, ok?” Simples assim. Mas Santo Antônio deu um jeito e ela se atrasou! Os convidados já tinham chegado, padrinhos e pais estavam a postos e ela entrou linda e sorridente com o João!

Bom, nós quase tivemos que subornar as pessoas para fingirem que aquele era um dia normal e que aquela mocinha de branco estava apenas recebendo alguns amigos para um almoço no sábado. Mas passado o nervoso da cerimônia, ela encarnou a personagem e curtiu a festa e todos os detalhes que criamos junto com a Happy Happenings.

Fotos: Juliana Mozart

P.S: vou morrer de saudades das mensagens-escândalo!