28.06.2010 | por georgia

Maridón e eu by Junia Lane

Para quem não conhece a minha história de amor com o maridón, tá lá no blog da Junia.
Aliás, lá vocês também podem ver algumas das fotos que tiramos no começo do mês, no Rio de Janeiro.
Eu acho que já deixei bem claro aqui o quanto admiro o trabalho dessa fotógrafa. Vejo nela um estilo único, muito pessoal, e bem parecido com a fotografia de casamentos que vemos nos blogs gringos.
Uma ótima opção para quem tem fotografia como prioridade máxima no casamento!
E com vocês, meu braço gordo minha perna gorda eu e maridón pelas lentes de Junia Lane.
    
              
E obrigada por todos os comentários carinhosos lá no blog da Junia!
Tia Geo ama vocês!

28.06.2010 | por georgia

O Casamento da Pri e do Lê

A Pri e o Lê se casaram em abril, mas estão tão felizes curtindo a vida a dois que só há alguns dias eu recebi as fotos! rs
Sabe quando você olha duas pessoas e tem certeza absoluta de que foram feitas uma pra outra?
Pois é.
No meio de tantos mínis, eu me perguntava como seria fazer um “festão”, então o casamento deles foi um desafio que eu adorei; e aprendi muito!
O casamento desses dois lindos é até hoje motivo de muitas conversas entre as meninas da minha equipe… e agora vai poder servir de referência para vocês também!
É impressão minha ou a Igreja São José é a nova Nossa Senhora do Brasil?
Enquanto todo mundo anda apostando em mesas de doces num estilo mais clássico, tivemos uma “sala de doces” bem moderninha. Um espaço separado, com muitas colunas , velas, uma árvore e um espelho d´agua enchiam os olhos dos convidados logo na entrada.
Pensa numa noiva animada.
ChãoChãoChão
Os noivos mais animados que eu já vi na vida!
PS: Eu sei que sempre incentivo os mini-weddings aqui no blog, mas em alguns casos, como no da Pri e do Lê, eu simplesmente não consigo imaginar algo intimista.
Um festão, com pista bombando, Havaianas, um super bar de caipirinhas e um painel gigante formado por 12 TVs de LCD, era a cara deles! Então, como eu sempre acho que a festa tem que ter a cara dos noivos, fiquei feliz em fazer parte dessa graaande celebração!  

23.06.2010 | por georgia

Uma idéia fofa

Fica legal pra um mini wedding descontraído, pro chá de panelas, ou pra receber pessoas queridas na casa nova!
É só colocar qualquer figura recortada em acetato (ou papel) e jogar o açúcar de confeiteiro por cima!
Depois tira o acetato/papel/whatever com uma pinça, com cuidado.
Perdi a referência. Se alguém souber, me passa, please, pra eu dar os créditos?

22.06.2010 | por georgia

Mari e Muca

Uma e-session divertida, feita na casa de campo da família… com o cachorro da noiva, abraços, caretas chuva e lareira.
Parabéns, Rejane Wolff, pelo lindo trabalho! Adorei as pitadas de cor!
E parabéns à Mari e ao Muca, por conseguirem passar a felicidade de estar juntos pelo olhar!
 
 
 
 
 
  
 
 
Gente, eu conheço a Mari há anos! Na época nenhuma de nós duas nem namorava ainda… rs… é tão bom reencontrá-la agora, prestes a se casar!
Mari, de todo meu coração, desejo todas as bênçãos pra vocês dois!

22.06.2010 | por georgia

Doces! Doces! Doces!

Em uma festinha para aproximadamente 50 mulheres, pode-se dizer que doces são, digamos, algo em que se deve pensar muito.
]
Esse é o meu favorito!
Então imaginem só como os doces do Encontrinho foram escolhidos a dedo.
Primeiro, porque, para a infelicidade da balança, eu sou uma formiga de 1,65 de altura!
Falou em doce, é comigo mesma!
Segundo porque era uma preocupação minha que os doces também combinassem com a proposta do evento.
E foi aí que eu me lembrei do coração rendado da Pecadille Délicat!
Coração Rendado da Pecadille Délicat, dentro da mini caixinha da Embalando Sonhos – que eu acho perfeita para quem for dar qualquer coisa pequenina de lembrancinha!
Nos encontramos, eu expliquei qual era a “carinha” do nosso jantar, e a Edna e a Marta, duas queridas, captaram na hora que até mesmo os doces deveriam refletir uma noite de inverno cheia de mimos que nós mulheres amamos, e muito requinte!
O que eu achei muito legal, também, foi a preocupação delas com as forminhas.
Porque ( gravem isso, meninas!!!) o doce e a forminha precisam combinar entre si!
Não dá pra escolher aleatoriamente…. até isso tem que ser planejado, pra que um valorize o outro!
E foi aí que entrou a Rosana, da Embalando Sonhos!
Eu já falei aqui uma vez, do acabamento incrível das forminhas dela, né?
Eu acompanhei de perto o verdadeiro trabalho de equipe entre a Pecadille Délicat e a Embalando Sonhos!
Incrível! Elas escolheram as cores, as formas… tudo com tanto carinho!
É muito legal vê-las trabalhar juntas!
Olha só a perfeição dessas flores!
Eeee… last but not least…. tivemos os meus amados idolatrados salve salve macarons da Green Short!
Eu já perdi as vezes de quantas vezes falei deles, mas é que realmente são os meus favoritos!
Os macarons da Green Short, na caixinha verde e dourada, exclusive do Encontrinho!
E eu propus uma experiência para a Bárbara: fazer um torre de macarons igual àquelas que vemos nos blogs gringos!
E não é que ela conseguiu? Ficou lindo e fez o maior sucesso!
Mulherada atacando a torre de macarons.
Já fiquei imaginando uma mesa cheeeeia de torres, de todos os tamanhos e cores!
Huuuummm!
Barbara Green Short e eu!
Obrigada às três queridas (Edna, Rosana e Barbara) que tornaram nossa noite tão doce!
No meu caso, o dia seguinte também! Porque eu “embolsei” todos os doces que sobraram! rs
Boniiiito, hein?

20.06.2010 | por georgia

Happy B-day!!!

Hoje é aniversário do meu querido e talentoso amigo Nando Federice!
Pensei, pensei, e já sei o que vou dar de presente pra ele…. uma namorada!
Ele é muito dócil, amigo, inteligente, trabalhador… só não manja muito de churrasco!
Então, se você quer se candidatar para casar com ele, mande e-mail para fernando@edufederice.com , com foto!
Apenas serão aceitas maiores de 18 anos.
Quem me segue no Twitter já viu a foto, tirada hoje à tarde.

PS: Se o Nando me matar depois que ler este post, fiquem sabendo que eu amo este blog e todas as minhas leitoras.

20.06.2010 | por georgia

O casamento da Nana

Pra mim chega a ser difícil fazer um post sobre a Nana.
Sabe quando você chega num grau de intimidade no qual você e a outra pessoa se entendem só no olhar? Pois é.
Poderia ficar horas aqui escrevendo sobre os momentos engraçados e emocionantes que vivemos durante o planejamento deste casamento.
Na nossa primeira conversa, ela me disse que queria “um casamento de princesa”.
Na hora, eu comprei a idéia! Pensei em muito cor-de-rosa, dourado, velas, arranjos altos, cristais….
Depois de ver o filme da Maria Antonieta umas cinco vezes, muitas viagens de avião (a Nana mora em Brasília) e e-mails e telefonemas diários, chegou o grande dia!
Tudo estava perfeito e o NOSSO sonho havia finalmente se tornado realidade!
Muito obrigada, Nana, por me deixar participar da sua história, por me envolver com a sua família, por confiar a mim um dos dias mais lindos da sua vida!
A Cerimônia
A Nana e o Mário já eram “casados” há mais de dez anos. Inclusive, já tinham filhos lindos!
Há não muito tempo, a Nana teve uma doença e ficou internada por um bom tempo. Quando ela saiu do hospital, os dois decidiram se casar “de verdade”. Foi o casamento que deu a ela forças para levantar da cama, se arrumar e começar a correr atrás de um sonho.
Histórias assim tornam a cerimônia muito emocionante.
Não teve uma pessoa que não chorou!

As crianças
Eu ainda vou fazer um post só sobre as crianças desse casamento. Eles eram todos fantásticos!
Me fizeram rir, chorar de emoção, correr de um lado pro outro….
E o Victor, esse gatão aí embaixo, é filho da Nana e do Mário.
Ele é MUITO inteligente, engraçado e fez questão de entrar com a música do Star Wars! rs

A Família
Adoro essas fotos que entram “pra história” da família.
A decoração
Como eu já disse, a inspiração para este casamento foi “um casamento de princesa”, com um “quê” de Maria Antonieta.
Eu vi filmes e mais filmes, li livros, pesquisei muito…. tudo para criar um clima de conto de fadas para os oitenta convidados.
Sim, só oitenta.
Você sabem que eu sou uma fã incondicional dos minis, justamente porque podemos assim pensar em detalhes, investir em qualidade e garantir um clima de muito carinho e significado!
Os detalhes
Não é novidade, e não é trabalhoso, mas eu adoro esse jeito de colocar o Menu.
As plaquinhas indicando os lugares dos noivos.
Bem-casados com lação! Olha só a diferença!
 Em contos de fadas, as meninas viram fadas depois da cerimônia!
Na pista, meias no lugar das Havaianas ou sapatilhas ( essa foi surpresa até pra mim! rs)
Já que o noivo vem do nordeste, “importamos” Guaraná Jesus para servir na pista! SUCESSO!
A Coruja
Essa foto vai pro meu escritório!

18.06.2010 | por georgia

A Papelaria do Encontrinho

Quando a intenção é fazer um evento inspired, como foi o Encontrinho, a papelaria é muito, muito importante!
Isso porque a fonte, as cores, os motivos e até mesmo a disposição do texto podem complementar ou arruinar todo o trabalho que tivemos com decoração, escolha do menu, músicas, etc….
Justamente por esse motivo, eu acompanhei bem de pertinho o trabalho da Entrepaper, que fez toda a parte de papelaria do Encontrinho.
Na verdade, gente, a Fabi é tão fera que eu nem precisaria acompanhar tão de pertinho assim. É que eu adooouro essa parte, então fiz questão de me envolver mais.
Como a inspiração era ” Um jantar em Buckingham” ( já sei, já falei um milhão de vezes! Mas vai que alguém não leu os outros posts? rs ), pensamos em algo muito fino e tradicional, porém marcante e que mostrasse bem a proposta do evento. Queria algo explicitamente “real” e “inglês”.
Depois de apenas uma semana, chegamos no resultado perfeito.
Placecards
Menu
Descrição dos doces
Porta-Guardanapos – uma versão budget friendly, que fica linda com monogramas!

17.06.2010 | por georgia

Querida mal-amada,

Tem uma pessoa bem mal-amada que anda comentando por aqui.
Para ela, eu queria dizer que o “X” de fechar fica logo ali no canto superior direito, e é gratis, tá?
Se você não gosta de mim, do blog, ou de qualquer coisa daqui, é só apertar.
E para todas as outras que me escrevem coisas lindas, muito obrigada pelo carinho.
É por vocês que esse blog existe.